Comunicação

Notícias

Ministério Público recomenda que Prefeitura não utilize recursos com festas enquanto durar emergência na Barra do Cunhaú

O Ministério Público de Contas recomendou que a Prefeitura Municipal de Canguaretama não utilize recursos públicos com eventos festivos enquanto durar o decreto de emergência da Barra do Cunhaú.

Em atendimento à recomendação do Ministério Público, a Prefeitura não poderá contratar, este ano, atrações musicais para o Santo Antônio do Povo.

As apresentações das quadrilhas juninas, por constituírem uma atividade educativa e cultura, estão mantidas, assim como a decoração da Praça Augusto Severo, já que se trata de um investimento turístico.

A Prefeitura decretou situação de emergência na Barra do Cunhaú por causa dos danos causados pelo avanço do mar.

O Ministério Público também fez a mesma recomendação a outras prefeituras do Estado em razão de emergências decretadas pelas mesmas.

A Prefeitura vai comunicar hoje (30) ao Ministério Público que vai atender a recomendação.