Comunicação

Notícias

No Vaticano, prefeita Fátima Marinho acompanha e se emociona com a canonização dos 30 mártires de Cunhaú e Uruaçu

Prefeita destacou a emoção de acompanhar a cerimônia histórica para Cunhaú

O número de santos brasileiros saltou de 6 para 36 no domingo (16), no Vaticano. Em cerimônia comandada pelo Papa Francisco, os 30 mártires de Cunhaú e Uruaçu foram declarados santos na canonização que foi acompanhada por aproximadamente 50 mil pessoas, que lotaram a Praça de São Pedro. Integrando a comitiva potiguar, a prefeita Fátima Marinho, que foi convidada como representante de Canguaretama, destacou a emoção de acompanhar a cerimônia histórica para Cunhaú e todo o Rio Grande do Norte.

É inexplicável a emoção que sentimos hoje. Representar Cunhaú, o povo de Canguaretama, e todos aqueles fieis que visitam anualmente o nosso município foi uma responsabilidade muito grande e uma grande honra. Os santos Mártires são verdadeiros exemplos de amor, de doação e de fé para todos”, destacou a prefeita de Canguaretama, convidada pelo Vaticano para a cerimônia.

Desde a beatificação dos mártires de Cunhaú e Uruaçu, que aconteceu na Praça de São Pedro, no Vaticano, no dia 5 de março de 2000, o município recebe turistas de todas partes em busca dos exemplos de fé. “A cada ano esse fluxo de pessoas vem crescendo e movimentando a nossa cidade. Agora, com a canonização, esperamos que esse fluxo trazido pelo turismo religioso possa aumentar ainda mais. Estamos conscientes disso e ampliando a estrutura para receber todos de braços abertos”, destacou.

Além da prefeita Fátima Marinho, políticos, religiosos e fieis de todo o Rio Grande do Norte estiveram presentes para acompanhar a cerimônia. Foram canonizados o Pe. André de Soveral, o Pe. Ambrósio Francisco Ferro (português), o camponês Mateus Moreira e outros 27 leigos, que são os primeiros santos do estado.